Arquivo do mês: março 2008

links for 2008-03-30

Anúncios

Comentários desativados em links for 2008-03-30

Arquivado em Notícias

Impacto socio-econômico do celular na América Latina II

Na África do Sul, 80% da população tem celulares. Eles são mais presentes que computadores por motivo óbvio: o preço.
É bom recapitular que empresas do porte da Microsoft, Motorola, Nokia e Siemens têm investido em países emergentes do continente africano, subsidiando infra-estrutura de rede e uso para que a população possa ter acesso à mobilidade. Um termo de apropriação do celular foi criado ou recriado pelo professor François Bar, da Univerisity Southern California: creolização ou canibalização do celular.

Abaporu Project

Totem do Abaporu Project, que se apropria do quadro de Tarsila do Amaral, que inspirou o Manifesto Antropofágico

Trata-se do seguinte: apropriação do aparelho para outras aplicações não criadas pelos fabricantes ou operadoras. Um exemplo: em alguns países da África, o celular virou orelhão. Ou seja, é um telefone comunitário. Trata-se de um paradoxo, uma vez que o celular foi pensado e desenvolvido para ser de uso pessoal. Outro exemplo: na África, é possível usar o celular como se fosse um caixa eletrônico. Em outras palavras, o dono de um celular pré-pago usa seus créditos como moeda e os transfere para outro usuário.

2 Comentários

Arquivado em Análises

2008: ano do mundo móvel na web?

Quem gosta e acredita em estatísticas prevê que milhões de celulares estarão conectados na web nos próximos anos.
E no Brasil? Se depender dos preços cobrados pelas operadoras, o tempo de adoção promete ser maior. A não ser que haja uma revolução na cobrança desses serviços. Explico: você já experimentou navegar pela internet do seu celular?
Minha conta já dobrou de valor. Fui incauta. Motivo principal: falta de pacote vantajoso para navegar pela web.
A TIM criou recentemente uma promoção de 40 Megabytes de tráfego, ao longo de 30 dias, por R$ 10,  nas conexões TIM Connect Fast e TIM Wap. Há também no portal da TIM outras ofertas, que começam em 40 Megabytes e chegam a 1 Gigabyte.
No site da Vivo , o cliente tem direito a trafegar 500 Kbytes de dados do plano Vivo Escolha 5o ao Vivo Escolha 180. Nos seguintes, sobe para 2 Megabytes e essa taxa se estende até o Vivo Completo. Há ainda um serviço de acesso à web na Vivo  para quem usa o smartphone BlackBerry, por R$ 69,90. Só não consegui checar ainda se ele é válido para quem usa outras marcas de celulares em conexões WAP e/ou GPRS. Há ainda um serviço para tráfego de dados no portal da empresa, com promoções de 40 Megabytes a 1 Gigabyte.
No portal da Claro, parece haver mais ofertas para quem precisa ou quer navegar pela internet.
Se a onda é twittar, enviar mensagens pelo MSN Windows Live Messenger , GoogleTalk, falar pelo Skype, puxar e-mail, acessar blogs, sugiro aderir aos pacotes com a maior oferta de tráfego possível.  Que o digam os twitteiros que não se desgrudam de seus celulares e mandam todos os seus passos em frases de 140 caracteres. Não importam onde estejam: aeroportos, no trânsito das metrópoles e até em festas na casa da sogra. Já li exemplos no Twitter reveladores.
Dilema
As operadoras no Brasil continuam em um entrave: a porcentagem de linhas que utilizam o sistema pós-pago não crava nos 20 pontos.
Querem aumentar a fatia de usuários migrando para o pós-pago? Deve ser o sonho diuturno de cada um dos diretores de marketing e quetais e suas respectivas equipes.
Os preços proibitivos impedem. E não há estatística que me convença que o acesso à web será predominante nos próximos anos neste país.
Mesmo que os portais noticiem números e mais números, fabricados por institutos de pesquisa, afirmando que o iPhone lidera o acesso à internet no Brasil. Bom, só se for entre os publicitários e profissionais liberais que importaram seus aparelhos, ok. Daí fica mais crível.

Comentários desativados em 2008: ano do mundo móvel na web?

Arquivado em Notícias

Pesquisa inédita: impacto do uso do celular na América Latina

O professor François Bar, da Annenberg School for Communication da University Southern California, passou alguns dias em São Paulo. Ele coordena uma pesquisa inédita na América Latina: o impacto socio-econômico do celular.
O uso do aparelho móvel na África, Ásia e Índia vem sendo largamente estudado nessas regiões, mas, até agora, não foi realizado nada sobre a América Latina.
Entrevistamos longamente François Bar em uma tarde e em uma noite. Filmamos, fotografamos.
Esse francês, que mora há quase três décadas na América do Norte, tem muito a dizer. Ele cunhou a expressão canibalização do celular, ou creolização. Nesta semana será postado u m vídeo no You Tube sobre a entrevista. Também deverá vir texto mais detalhado sobre os dois encontros.

2 Comentários

Arquivado em Notícias

links for 2008-03-22

Comentários desativados em links for 2008-03-22

Arquivado em Notícias

Estatísticas do mundo móvel

Fazer ligações de um celular deixou de ser tarefa básica há muito tempo. Segundo dados divulgados pelo instituto Forrester Research, nos próximos cinco anos o número de celulares que vão acessar a internet deve triplicar na Europa e alcançar a cifra de 125 milhões de aparelhos conectados à web.

Comentários desativados em Estatísticas do mundo móvel

Arquivado em Notícias

links for 2008-03-15

1 comentário

Arquivado em Notícias