Pesquisa inédita: impacto do uso do celular na América Latina

O professor François Bar, da Annenberg School for Communication da University Southern California, passou alguns dias em São Paulo. Ele coordena uma pesquisa inédita na América Latina: o impacto socio-econômico do celular.
O uso do aparelho móvel na África, Ásia e Índia vem sendo largamente estudado nessas regiões, mas, até agora, não foi realizado nada sobre a América Latina.
Entrevistamos longamente François Bar em uma tarde e em uma noite. Filmamos, fotografamos.
Esse francês, que mora há quase três décadas na América do Norte, tem muito a dizer. Ele cunhou a expressão canibalização do celular, ou creolização. Nesta semana será postado u m vídeo no You Tube sobre a entrevista. Também deverá vir texto mais detalhado sobre os dois encontros.

2 Comentários

Arquivado em Notícias

2 Respostas para “Pesquisa inédita: impacto do uso do celular na América Latina

  1. Rubens S Leme, por creolização ou canibalização do celular, o professor François Bar, da US C, quer dizer o seguinte: apropriação do aparelho para outras aplicações não criadas pelos fabricantes ou operadoras. Um exemplo: em alguns países da África, o celular virou orelhão. Ou seja, é um telefone comunitário. Trata-se de um paradoxo, uma vez que o celular foi pensado e desenvolvido para ser de uso pessoal. Outro exemplo: na África, é possível usar o celular como se fosse um caixa eletrônico. Em outras palavras, o dono de um celular pré-pago usa seus créditos como moeda e os transfere para outro usuário.

  2. Gostaria de realmente de saber o que ele quis dizer com a expressão canibalização do celular, ou creolização.
    Ficarei aguardando

    abraço e sucesso