Celular em sala de aula? Sim. Eae?

Geração Móvel

Hoje, às 19h, a professora Adelina Moura, fala ao vivo diretamente de Braga (Portugal). A entrevista poderá ser ouvida pela web-rádio do Centro Cultural Bradesco, que mantém um auditório virtual no Second Life.

Para quem não quer entrar no Second Life, ouça pela web-rádio e participe, fazendo perguntas pelo programa Skype . Nesse caso, basta me adicionar na sua lista de Contatos (login: zilveti).

Adelina Moura é professora do Ensino Secundário (o equivalente ao Ensino Médio no Brasil) de Língua Portugesa e Francês na Escola Secundária Carlos Amarante-Braga e dirige o Geração Móvel.

Nas salas onde a professora leciona, os telemóveis e reprodutores de música, os MP3-players, são bem-vindos. O lema de Adelina é: “Se não podes combatê-los, junta-te a eles”. Ela sabe que, mesmo proibindo o celular em sala de aula, é praticamente impossível impedir seu uso. “Por essa razão, tento tirar partido dele”, diz.

A educadora propõe atividades com o celular, grava trechos de leituras e os transforma em podcasts, criando, dessa forma, conteúdo educativo. Em inglês, o celular como ferramenta na educação recebe o nome de mobile-learning ou m-learning.

Uma das feras de mobile learning é Mark Sharples, diretor do Learning Sciences Research Institute, da University of Nottingham. Ele também aceitou dar entrevista ao Nomadismo Celular. Hoje o professor e diretor está na Jordânia e deve gravar ao vivo no dia 1º de maio.

6 Comentários

Arquivado em Notícias

6 Respostas para “Celular em sala de aula? Sim. Eae?

  1. byanca

    oi paulinhu responde ai

    • Byanca, obrigada pelo seu comentário. Não existe uma estatística sobre alunos e alunas que gostam de celular em sala de aula. Posso conseguir alguns sites, caso lhe interesse, que divulgam alguns dados interessantes.
      Abraços,

  2. byanca

    gostaria de saber quantas pessoas gostan e são a favor do celurar na aoula

  3. Rosely Maria Salim

    Adorei esta matéria,realmente os educadores necessitam pensar rapidamente em utilizar aprendizagens com celulares e com outras recentes descobertas. Como sempre a escola convencional continua a caminhar com muita lentidão em relação à evolução tecnológica.

  4. Rosely Maria Salim

    Adorei esta matéria,realmente os educadores necessitam pensar rapidamente em utilizar ràpidamente aprendizagens com celulares e com outras recentes descobertas tecnológicas.Como sempre a escola convencional continua a caminhar com muita lentidão em relação à evolução tecnológica.

  5. Muito legal este espaço… Já adicionei ao meu blogroll e vou fuçar os textos anteriores!

    []’s