GPS na magrela

Mapa com relatório de atividades do Sports Tracker Nokia

Trajeto, tabela e percurso durante caminhada no Sports Tracker

A pergunta que não quer calar: por que um GPS para localizar-se no tempo e no espaço enquanto se caminha, corre, pedala ou se faz outra atividade física? Nos tempos modernos, o celular é um híbrido. Até aí nenhuma novidade.

A indústria agora joga novos modelos nas prateleiras com esse dispositivo.
O marketing é o seguinte: você nunca se perde. Afinal, centenas de mapas o ajudam a encontrar o seu destino e a traçar rotas.

As transportadoras e os ônibus municipais já saem das respectivas garagens munidos de localizadores. Se desviar do caminho, alguém saberá.

E no celular do cidadão comum? Qual é a utilidade? Já há serviços para monitorar atividades esportivas. Um deles é o Sports Tracker Nokia. Você se cadastra, baixa o programa para o seu celular. Trata-se na verdade de uma rede social, na qual você registra seus exercícios e compartilha, se quiser, com o mundo. Ao vivo, dá para ver com o uso do Google Maps, que já está integrado no site, as trajetórias de cidadãos.

Com o programa ativado no celular, você dá início á atividade, e os satélites começam a monitorar a latitude, a longitude e a altitude. Concluído o trajeto, faz-se o upload do exercício. Além disso, há tabelas que mostram gasto de energia e queima calórica.

É útil? Bom, eu já testei o serviço diversas vezes, caminhando pelas redondezas e pedalando. Hoje é 21 de abril, feriado nacional, e vou pedalar em breve. Na volta, conto os resultados. Devo também usar um programa de GPS, que já vem com o telefone.

4 Comentários

Arquivado em Notícias

4 Respostas para “GPS na magrela

  1. Acho que a maior promessa de todas, e essa sim me soa interessante, é para os aventureiros… aqueles que adentram cachoeiras, cavernas e escalam montanhas no meio do nada… para um resgate de emergência creio que seja bem útil. Pelo menos eu gostaria de ter a certeza de ser resgatada numa situação dessas. (coisa que nunca acontecerá debaixo do meu edredom comendo pipoca e vendo dvd…rs)
    Parabéns pelo artigo.

  2. Cida, bem que eu queria usar o GPS para fazer essa rota. Tenho várias limitações, porém. Uma delas é física. Não tenho esse fôlego todo. Hoje consegui pedalar 18 km em 1h06, o que, para mim, foi um grande trajeto. Saí com as pernas trêmulas do parque, já noite. Agora estou um caco e ainda tenho de administrar alguns trabalhos. Beijos digitais a você a a Kaka Visconti e obrigada pelos comentários.

  3. Então porque não aproveitara para usar o GPS para checar a rota de onde hoje houve comemoração pela morte de um dos maiores nomes nacionais: o Tiradentes. What about. Bjs. Cida

  4. Mto interessante!

    Vc é inteligente, né, mulher!

    Parabéns!

    Bjokas!