Menos celulares em 2009

Ciúmes? O suposto primeiro comprador do iPhone 3G em Hong Kong  © Bobby Yip

Ciúmes? Um esperto consumidor se diz o primeiro comprador do iPhone 3G em Hong Kong © Bobby Yip

O título é esse mesmo. Nada de errado. A agência Reuters fez uma enquete junto a mais de 30 analistas, que não hesitaram em afirmar: em 2009, o mercado consumirá menos aparelhos. As vendas devem sofrer uma redução de 6,6% ao longo do próximo ano e cair 5,7% no último trimestre, época em que o mercado se aquece por conta das festas natalinas.

Pessimismo?
Bom a líder mundial em vendas já tinha dado alguns sinais de que 2009 não será tão frutífero. No dia 4, a Nokia divulgou que, na melhor das hipóteses, as vendas devem representar uma queda de 5% em 2009.

Enquanto isso…
Com crise ou sem crise, os dois maiores fabricantes, leia-se Nokia e Samsung, devem sair de 2009 mais fortes ainda, aumentando sua participação no bolo para 39,6% e 17,3%, respectivamente.

Outra empresa que pretende tomar o terceiro posto, que, por ora, pertence a Sony Ericsson é a LG. Mesmo com queda nas vendas, porta-vozes da companhia juram de pés juntos que alcançarão a marca de 100 milhões de unidades despejadas no mercado.

2 Comentários

Arquivado em Mercado, Notícias

2 Respostas para “Menos celulares em 2009

  1. Aloha!

    É q nem as vendas de carros no país. Já chegou a temível saturação. Agora é a vez dos antigos, usados, e “semi-novos”.
    Não que a crise irá detonar tudo, é a famosa reestruturação econômica. Lembra-se da crise de 1929?

    Aloha!

  2. paulogreimel

    Pois é. E a Motorola? Um amigo comprou um V8 e alguns meses depois o celular parou de funcionar. Ele levou e assistência técnica e disseram que “oxidação na placa” e isso não era coberto pela garantia. Agora ele comprou um Sony Ericsson…