Quem se habilita? Qual será o 1º portal de notícias a permitir envio de vídeos?

Aqui em terra brasilis, temos o hábito de digerir para depois nos apropriarmos de uma ideia. O que não quer dizer que não tenhamos tutano para ser criativos. Ok, faz parte. Claro que todos já devem ter pensado no assunto, mas algum portal de mídia já colocou a ideia em prática? Em suma, o Huffington Post –com mais de 8 milhões de visitas mensais, segundo o instituto Nielsen—  criou o projeto New York subway Performers Project: Help Capture and Map the City’s Street Talent, pedindo a seus leitores que enviem vídeos de street art para mapear talentos.

Na era de videofones e câmeras fotográficas que filmam, leitores aproveitam o espaço e ganham milhares ou milhões de cliques. A conferir.

ENQUANTO ISSOUOL, Terra, Folha Online, Estadão, R7, G1 etc. etc. ou andam comendo mosca ou em breve criam os seus chamados “jornalismo cidadão” ou videorrepórter ou o nome marqueteiro que for mais conveniente.

Comentários desativados em Quem se habilita? Qual será o 1º portal de notícias a permitir envio de vídeos?

Arquivado em Comportamento, Diversão e arte, Mundo nômade, Redes, Tendências

links for 2009-11-28

Comentários desativados em links for 2009-11-28

Arquivado em Notícias

links for 2009-11-26

1 comentário

Arquivado em Notícias

Números da Anatel: 168 milhões de celulares no Brasil

© Motulz

Estatísticas para quem precisa.

O órgão soltou na sexta-feira, dia 20, via assessoria de imprensa a seguinte cifra: o Brasil conta com 168 milhões de linhas de telefonia móvel. É um número assombroso, mas há de se tomar cuidado. Motivo. Menos de 18% corresponde a linhas pós-pagas. Precisamente:  17,73% ou 29.795.754.

Os conhecidos pais-de-santo, que recebem ligações, oficialmente os pré-pagos, equivalem a 82,27% ou 138.241.276.

Dá para entender por que as operadoras querem a todo custo disputar essa legião de quase 30 milhões de clientes? São eles que pagam uma taxa fixa mensalmente por pelo menos um ano. Não é uma cifra pra jogar fora.

A agência revela que o crescimento em outubro foi de 1,15%, e a densidade corresponde a 87,6 linhas por 100 habitantes. Em suma, a teledensidade.

Do site da Agência Nacional de Telecomunicações, eis a reprodução da tabela dos estados que registraram maior crescimento.

UF (Teledensidade) Crescimento em outubro (%) UF (Teledensidade) Crescimento de janeiro a outubro (%)
Maranhão (42,52) 1,89 Tocantins (73,73) 23,17
Piauí (55,03) 1,57 Amapá (78,81) 23,05
São Paulo (104,37) 1,53 Rondônia (84,51) 20,56
Paraíba (67,67) 1,41 Maranhão (42,52) 20,30
Minas Gerais (86,97) 1,39 Roraima (69,8) 18,12

1 comentário

Arquivado em Mercado, Mundo nômade, Notícias

Procrastinar é preciso

by John Kelly

Comentários desativados em Procrastinar é preciso

Arquivado em Diversão e arte, Mundo nômade, Redes

Opera 10, versão beta, para o seu celular Nokia

Opera Mini 10 beta

Opera Mini 10 beta

Opera Mobile é o nome do programa mais popular para abrir sites na rede pelo celular. No dia 3, a empresa soltou a versão 10 de testes para aparelhos que usam o Symbian S60, leia-se Nokia, modelos das séries E e N. Com recursos novos, melhorou o zoom, ideal para ceguetas, e aumentou a velocidade de abertura de páginas, imprescindível.

Com as devidas proporções, ele guarda alguma semelhança com a versão do Opera para computadores de mesa (aliás, alguém aí já usou o Opera em seu micro? Duvideodó!). O que importa é a tela de abertura com nove guias, ou atalhos, para os seus sites mais frequentados ou prediletos. A empresa promete com a tecnologia Opera Turbo mais agilidade para carregar páginas. Vale lembrar que hoje, ao abrir sites, o usuário tem na verdade páginas comprimidas enviadas ao servidor da empresa.

Para quem está no micro e quer baixar o Opera Mobile 10 beta, clique aqui. Se leu este post no celular e quer instalar o programa diretamente do seu aparelho, ei-lo.

ADDENDUS – Baixei o Opera Mobile 10 no Nokia E71. Ok, é versão beta, então aí vai um desconto para os paus enfrentados por meu bravo aparelho. Muitas vezes a tela ficou congelada. Principalmente quando tentei personalizar as tais guias. O jeito foi desligar e religar o telefone. E não foi uma, mas várias vezes. As telas ficaram no celular, portanto, em breve, chegam ao leitor.

Vale a pena? Sim, para exerimentar e se acostumar com uma nova forma de navegar por sites no seu celular. E o Opera Mini? Ah, isso é outra história. A  empresa tem o Opera Mini e o Opera Mobile. O primeiro ganhou a versão 5.0 de testes. Em breve, um comparativo entre os dois programas.

ADDENDUS 2 – Para responder a dúvidas do primeiro comentário, aí vai o que pesquei no site, na página Opera Mobile. A versão 10 beta funciona em aparelhos Nokia, Samsung e Sony Ericsson com Symbian/S60, terceira e quinta edições. Em suma: segue a lista de modelos já certificados, nos quais é possível instalar o programa: Nokia – E51, E52, E55, E63, E66, E71, E75, N78, N79, N81, N82, N85, N86, N95 8GB, N96, N97, 5320, 5630, 5800, 6220c, 6720c; Samsung – i7110, i550, Omnia HD, Innov8, Sony Ericsson – Satio.

6 Comentários

Arquivado em Mundo nômade, Notícias, Symbian

links for 2009-10-30

Comentários desativados em links for 2009-10-30

Arquivado em Notícias